Regra de estacionamento muda nas ruas de Santa Maria

Pacote com mudanças no trânsito foi anunciado pela prefeitura

A prefeitura de Santa Maria começou a colocar em prática algumas das mudanças no trânsito da cidade anunciadas na última quarta-feira. A partir desta segunda, é proibido estacionar na Rua General Neto, no trecho entre as Avenida Dores e ginásio do Corinthians, no sentido bairro-Centro. A pintura sinalizando a mudança, conforme a assessoria de imprensa da prefeitura, foi realizada neste domingo.

 

A Rua Bento Gonçalves também sofrerá alterações no estacionamento. No trecho entre as Ruas Machado de Assis e Pinto Bandeira, as vagas para veículos deixam de ser oblíquas e passam a ser laterais. A pintura está sendo realizada na manhã desta segunda-feira.

 

 

Fonte: Diario de Santa Maria

Verão aumenta riscos no trânsito

Óculos sem filtro solar, lentes que quebram e insulfilm irregular podem provocar acidentes.

Que a claridade do sol levanta o ânimo todo mundo sabe, mas nas viagens de férias pode se transformar em um verdadeiro desastre se os motoristas não tomarem alguns cuidados. A pesquisa Saúde 2009 que acaba de ser divulgada pelo Ministério da Saúde aponta que em 2008 os acidentes de trânsito responderam por 26,9% das mortes violentas entre homens e 30% das ocorrências entre mulheres. De acordo com o oftalmologista do Instituto Penido Burnier, Leôncio Queiroz Neto, perito em medicina do trânsito e membro da ABRAMET (Associação Brasileira de Medicina do Tráfego) dirigir contra o sol, sem proteger os olhos, é uma importante causa de acidentes porque diminui a visibilidade.

A claridade do verão acentua o problema que é mais intenso em quem tem fotofobia, aversão à luz. Em algumas pessoas a alteração não indica doenças. Em outras, pode estar relacionada ao astigmatismo, irregularidade da superfície da córnea que torna as imagens desfocadas, inflamações nas porções posteriores dos olhos ou a medicamentos que aumentam a sensibilidade à luz. Independente da causa, ressalta, o único remédio é usar óculos escuros ou optar por lentes fotossensíveis que filtram a radiação, escurecem e clareiam conforme a luminosidade.

Dicas para escolher os óculos
O especialista diz que óculos sem filtro solar são mais prejudiciais que a falta deles. Isso porque, dilatam a pupila e fazem entrar mais radiação nos olhos. Isso aumenta o risco de catarata, maior causa de cegueira tratável, e lesões na retina que ainda não têm tratamento eficaz.

A segunda dica do médico é optar por lentes resistentes a impactos. Um estudo conduzido na Espanha, comenta, mostra que o disparo do airbag eleva o risco de perfuração ocular entre pessoas que trafegam sem óculos e dobram o perigo entre as que usam lentes de cristal. “Para proteger os olhos no trânsito a melhor opção são as lentes inquebráveis de policarbonato” afirma.

A terceira dica é adequar a condição da saúde ocular à cor da lente conforme as características:
· Cinza – A mais adequada para quem tem astigmatismo porque reduz o brilho e não distorce as cores.

· Âmbar ou marrom – Melhora o conforto de míopes e hipermétropes por aumentar a visão de contraste, além de filtrar a luz azul que também está relacionada ao desenvolvimento da catarata.

· Verde – Ideal para maiores de 60 anos por oferecer a melhor visão de contraste que diminui com a idade. Também filtra um pouco da luz azul.

· Amarela – Reduz o ofuscamento do motorista no lusco-fusco do entardecer e filtra a luz azul, mas diminui a visão de contraste em horários de muita luminosidade.

· Fotossensível – Para quem precisa usar lente corretiva, protege da radiação durante o dia e pode ser usada à noite.

Insufilm irregular diminui senso de velocidade
O excesso de velocidade é a maior causa de acidentes de trânsito e a infração que mais gera multas segundo a Polícia Militar Rodoviária. Queiroz Neto explica um dos motivos para tanta “pressa” é a aplicação de insufilm acima do permitido pela legislação. Isso porque, quanto mais baixa a visibilidade menor é o senso de velocidade. Como se não bastasse, metade dos motoristas precisa usar lentes corretivas.

Por isso, em condições normais de visibilidade enxergam menos e a leitura é mais lente. Só para se ter uma idéia, o médico diz que a uma velocidade de 90 km/hora uma pessoa com 100% de visão tem 3,2 minutos para ler uma placa de sinalização contra 1,6 minutos para quem tem 50% de visão que é o mínimo permitido pela legislação.

A boa notícia é que a Polícia Rodoviária Federal já começa a se equipar para aferir a transparência do insufilm – 75% no vidro dianteiro, 70% nos laterais dianteiros, e 28% nos demais. A fiscalização vai multar em R$ 127,69 os veículos com película mais escura que o permitido e apreender até a troca do insufilm. Na opinião do especialista a iniciativa pode reduzir os acidentes.

 

Fonte: Portal do Trânsito

 

10,4 mil condutores suspensos não entregaram a CNH

Terminado o prazo para os condutores que tiveram CNH suspensa começarem a cumprir a penalidade, 10,4 mil gaúchos ainda não compareceram a um Centro de Formação de Condutores (CFCs) para entregar o documento. Edital do Detran/RS, publicado no Diário Oficial do Estado na última sexta-feira (10), convocou 10,8 mil condutores punidos administrativamente por meio de Processos de Suspensão do Direito de Dirigir para entregar a CNH em 48 horas. O prazo encerrou-se ontem (14) e 348 atenderam a convocação. Hoje (15), mais 48 condutores entregaram a CNH.

Flagrados dirigindo, os condutores suspensos estarão incidindo em crime de desobediência e violação da suspensão do direito de dirigir (crime de trânsito) com a responsabilização criminal prevista no Art. 330 do Código Penal – pena de detenção de 15 dias a 6 meses – e Art. 307 do Código de Trânsito Brasileiro, que prevê detenção de 6 meses a um ano e multa, além da cassação do documento de habilitação (Art. 263, inciso I, do CTB). A cassação implica em reinício de todo processo de habilitação após os dois anos de cumprimento da penalidade.

O Edital obedece a Resolução nº 34/10, do Conselho Estadual de Trânsito (Cetran/RS), publicada em 16 de novembro, que estabelece o prazo para entrega do documento e visa o fiel cumprimento da lei e o combate à impunidade.

O Detran/RS informará a lista dos condutores suspensos aos órgãos fiscalizadores (Brigada Militar, Polícia Rodoviária Federal, Policia Rodoviária Estadual e órgãos de trânsito municipais) para que empreendam ações no sentido de intensificar a fiscalização de trânsito com o recolhimento da CNH e apresentação do condutor à delegacia de polícia.

 

Fonte: Site Detran RS – Publicada em 15/12/2010, às 16h43min
 

Prazo para entrega da CNH de condutores suspensos

Condutores que tiveram a Carteira Nacional de Habilitação (CNH) suspensa têm até o final de terça-feira (14) para entregar o documento em um Centro de Formação de Condutores (CFC) e iniciar o cumprimento da penalidade. O edital de convocação dos 10,8 mil condutores punidos administrativamente através de Processos de Suspensão do Direito de Dirigir foi publicado no Diário Oficial do Estado, após esgotadas as tentativas de notificação pelo Correio.

Decorrido o prazo, o Detran/RS comunicará a Brigada Militar, Polícia Rodoviária Federal, Policia Rodoviária Estadual, órgãos de trânsito municipais e Policia Civil para adoção de providências na fiscalização de trânsito, e o Ministério Público para responsabilização no âmbito penal. Os infratores incidirão em crime de desobediência e violação da suspensão do direito de dirigir com a responsabilização criminal prevista no Art. 330 do Código Penal e Art. 307 do Código de Trânsito Brasileiro, além da cassação do documento de habilitação.

O Edital obedece a Resolução n.º 34/10, do Conselho Estadual de Trânsito (Cetran/RS), publicada em 16 de novembro, que estabelece em 48h o prazo para entrega do documento e visa o fiel cumprimento da lei e o combate à impunidade.

Para o Diretor Técnico do DETRAN/RS, Ildo Mário Szinvelski, é imperioso o recolhimento dos documentos de habilitação e o curso de reciclagem daqueles condutores julgados em Processo Administrativo, assegurando-se o contraditório e ampla defesa. “Esses motoristas não tem condições de dirigir no espaço público e necessitam de reciclagem educativa e pedagógica para contribuir com um trânsito mais humano e seguro".

Confira aqui o edital

Fonte: Site Detran RS – Publicada em 13/12/2010, às 11h56min

CFC VIACENTRO RECEBE RECONHECIMENTO DO PGQP

O Programa Gaúcho da Qualidade e Produtividade (PGQP) realizou, na última quarta-feira, dia 1º de dezembro a Cerimônia de reconhecimento às organizações de Santa Maria e Região participantes do Sistema de Avaliação 2010 PGQP.

O CFC Viacentro estava entre as empresas reconhecidas no evento que ocorreu no  SEST/SENAT, sendo representada pelo Colaborador Vilmar Freitas, que recebeu o troféu de reconhecimento pela participação do Sistema de Avaliação 2010.

O Sistema de Avaliação é um dos principais produtos de apoio à gestão oferecida pelo PGQP. Através desta ferramenta, as organizações de qualquer porte e estágio de desenvolvimento podem avaliar seu desempenho e comparar suas metodologias com outras organizações e planejar melhorias. A avaliação é baseada em oito critérios de avaliação: liderança, estratégias e planos, clientes, sociedades, informações e conhecimento, pessoas, processos e resultados.

Confira algumas fotos do evento

 

Fonte: Setor Comercial

Facebook
ga('create', 'UA-18086703-2', 'auto'); ga('send', 'pageview');