Direção consciente é sinônimo também de economia

Dirigir de forma consciente tem como benefícios garantir a segurança dos ocupantes do veículo, causar menos impacto no meio ambiente e evitar gastos desnecessários. Dirigir é um ato que exige um alto nível de comprometimento e responsabilidade, além da habilidade básica de controlar o veículo, sempre observando as regras de segurança tanto para si quanto para os outros. Por isso, entre as ações do condutor consciente estão atitudes que tornam o trânsito um ambiente com menos violência e mais consciência.

O termo usado para denominar a forma consciente e eficiente de dirigir é o Ecodriving ou Eco-condução. Isso significa usar menos combustível para percorrer as mesmas distâncias, reduzindo os impactos econômico e ambiental nos deslocamentos feitos com os veículos motorizados. “Ecodriving é a ideia de pensar em mobilidade e no meio ambiente envolvendo boas práticas de direção e manutenção adequada do automóvel”, afirma o diretor da Perkons e especialista em gestão de trânsito e mobilidade urbana, Luiz Gustavo Campos.

Para o especialista, dirigir com responsabilidade exige avaliar as escolhas tomadas pensando no impacto conjunto. “Ao decidir qual veículo usar, opte pelo mais adequado à sua real necessidade. Se você não percorre trechos longos e não compartilha o carro com outro usuário, o mais sustentável é usar um carro compacto, que implica em menor gasto de combustível”, recomenda.

A escolha por combustíveis também é importante. Ao priorizar postos de gasolina conhecidos ou vistoriados, o motorista evita o uso de produtos adulterados, que além de reduzir o desempenho do motor, deixam mais resíduos no ambiente. “Não é apenas a queima de combustível que polui o ambiente, o desgaste das pastilhas de freio gera resíduos altamente tóxicos. Utilize o menos possível o freio, observe o tráfego. Se o sinal está vermelho, não acelere para chegar próximo ao sinaleiro, frear e depois arrancar. Manter a velocidade baixa e parar lentamente o carro gera menor gasto com combustível e menor desgaste das pastilhas”, complementa

Dicas para uma direção consciente

Podem parecer apenas detalhes, mas alguns hábitos diários podem tornar o veículo e seu consumo menos eficientes.  Para o coordenador técnico do Cesvi Brasil, Gerson Burin, a principal recomendação é seguir o manual de revisões do veículo e sempre estar atento a qualquer anormalidade no seu funcionamento, lembrando que a manutenção preventiva evita quebras inesperadas e falhas mecânicas que poderão gerar acidentes.

As manutenções e troca de filtros contribuem para um funcionamento mais eficiente do motor, segundo Burin, consumindo menos combustível e contribuindo com a redução de poluentes no meio ambiente. “Além disso, manter os pneus calibrados contribui com uma economia maior de combustível e um desgaste menor do pneu”, frisa.

 

 

 Fonte: Portaldotransito

Facebook