Projeto Liberte-se

Visando incrementar os serviços ofertados a sociedade, o CFC Viacentro apresenta o projeto Liberte-se – aperfeiçoamento para condutores habilitados, que consiste em oferecer a nossos clientes um aprimoramento das habilidades de condução com aulas práticas e atendimento psicológico específico para as necessidades do público já habilitado.

Diferenciais

  • Possibilidade de realização das aulas em veículo automático
  • Aulas monitoradas, visando dar segurança e credibilidade ao processo
  • Possibilidade do veículo adentrar em espaços privados
  • Aconselhamento psicológico através de grupos terapêuticos

O objetivo é auxiliar os condutores a dirigir de maneira segura, resgatando a confiança na condução de veículos, ou aprimorando suas habilidades para atingimento da condução segura.

 A quem se destina ?

Condutores recém-habilitados, condutores que não realizam a algum tempo a prática de conduzir veículos,  com algum trauma ocasionado no trânsito ou até mesmo para aqueles oriundos de cidades com trânsito menos intenso.

Como funciona ?

A prática psicológica utilizará de um acolhimento com base psicanalítica e exercícios baseados no mindfulness, com objetivo de resgatar sua autoestima e autoconfiança. As práticas psicológicas ocorrerão em grupos terapêuticos abertos, com duração de no máximo 60 minutos e de 2 a 10 participantes.

Os alunos também podem optar apenas pela realização de aulas práticas, caso seja de seu interesse.

Precisa de mais informações ? Deixe sua mensagem abaixo que logo entraremos em contato.

Seu nome (obrigatório)

Seu e-mail (obrigatório)

Assunto

Sua mensagem

 

Atenção condutores !

Os motoristas que estourarem 20 pontos na CNH (Carteira Nacional de Habilitação) a partir desta quarta-feira terão de cumprir no mínimo seis meses de suspensão. A nova regra vale para infrações cometidas a partir do dia 1º de novembro de 2016.

Atualmente, um motorista fica suspenso no mínimo por um mês. O prazo máximo continuará sendo de 12 meses. O tempo total de suspensão depende do histórico do condutor e da gravidade das infrações cometidas.

Saiba mais em Diário de Santa Maria

Respeite o ciclista!

Capítulo III – DAS NORMAS GERAIS DE CIRCULAÇÃO E CONDUTA
Art. 29

O trânsito de veículos nas vias terrestres abertas à circulação obedecerá às seguintes normas:

I - a circulação far-se-á pelo lado direito da via, admitindo-se as exceções devidamente sinalizadas;

II - o condutor deverá guardar distância de segurança lateral e frontal entre o seu e os demais veículos, bem como em relação ao bordo da pista, considerando-se, no momento, a velocidade e as condições do local, da circulação, do veículo e as condições climáticas;

 

saiba mais em http://www.ctbdigital.com.br/?p=Artigos&artigo=29

Até que idade posso dirigir ?

O Código Brasileiro de Trânsito prevê o início da concessão para a direção de veículos a partir dos 18 anos, mas nada define para a aposentadoria dessa concessão.
Sabemos que à medida que passam os anos limitações vão aparecendo. Em média, a partir dos 60 anos começamos ter um declínio na execução de nossas atividades. Em alguns, esse declínio é lento e progressivo, em outros, temos acentuação muitas vezes brusca devida ao aparecimento de alguma doença.

A direção veicular não é um procedimento tão simples, fácil como se imagina. É na realidade bastante complexa. Inicialmente podemos afirmar que depende de três funções básicas:
1 – a cognitiva que envolve raciocínio, entendimento, memória, comunicação, atenção, concentração, vigília e respostas imediatas;
2 – a motora responsável pela liberdade de movimentos, rapidez, força, agilidade, coordenação;
3 – a sensório perceptiva é onde se relaciona sensibilidade tátil, visão, audição e percepção.

Saiba mais em http://www.abramet.com.br/conteudos/artigos/ate_que_idade_posso_dirigir/

Valores atualizados 2017

Resumo dos valores  dos serviços oferecidos pelo Centro de Formação de Condutores a partir de 01/02/2017.

Primeira Habilitação  Categoria A – R$ 1795,92

Primeira Habilitação  Categoria B – R$ 2095,62

Primeira Habilitação  Categoria AB – R$ 3.318,34

Adição de  Categoria A (Não exerce atividade remunerada) – R$ 1.063,15

Adição de  Categoria A (Exerce atividade remunerada) – R$ 1.129,39

Adição de  Categoria B (Não exerce atividade remunerada) – R$ 1.361,85

Adição de  Categoria B (Exerce atividade remunerada) – R$ 1.428,09

Mudança de Categoria C,D,E (Não exerce atividade remunerada) – R$ 2.080,75  (Necessária realização do exame toxicológico)

Mudança de Categoria C,D,E (Exerce atividade remunerada) – R$ 2.146,99 (Necessária realização do exame toxicológico)

Adição/Mudança de Categoria AC,AD,AE (Não exerce atividade remunerada) – R$ 3.025,82  (Necessária realização do exame toxicológico)

Adição/Mudança de Categoria AC,AD,AE (Exerce atividade remunerada) – R$ 3.092,06 (Necessária realização do exame toxicológico)

Renovação de Exames (Não exerce atividade remunerada) – R$ 209,44

Renovação de Exames (Exerce atividade remunerada) – R$ 275,68

PID (Permissão Internacional para dirigir) – R$ 57,60

 

 

Laboratório de Empreendedorismo

No último sábado, o  Diretor Geral do CFC VIACENTRO Rodimar Dall Agnol  foi convidado a participar de uma mesa redonda no evento LAB de Empreendedorismo, realizado na Faculdade Metodista (FAMES), com o intuito de transmitir conhecimento e compartilhar experiências.

Agradecemos pelo convite!

 

 

Quais meses do ano são mais propícios para realizar o processo de 1 ª habilitação ?

 

Quais meses do ano são mais propícios para realizar o processo de 1 ª habilitação ?

Se você pensou nos meses de inverno, você tem toda razão. A demanda naturalmente tende a diminuir nesse período devido as intempéries que pertencem a este clima.

Diante desse cenário, este período do ano tende a favorecer aos alunos que por ventura precisam realizar o processo de habilitação de forma emergencial, seja pelo surgimento de uma nova vaga de emprego, ou apenas para realizar a conquista de um sonho.

Desta forma, se você possuí o interesse em retirar a carteira de habilitação, aproveite, esqueça o frio e compareça até o CFC VIACENTRO.

‪#‎CFCVIACENTRO‬ ‪#‎DICA‬ ‪#‎QUALIDADE‬ ‪#‎COMPETÊNCIA‬

História de superação!

É sabido que o processo de habilitação envolve empenho, dedicação e por vezes persistência para alcançar o tão sonhado objetivo de ser habilitado. Recebemos esta semana de uma estimada aluna um depoimento que transmite um pouco de seus desafios durante o processo, além de elencar qualidades de nossos profissionais, que sem sombra de dúvidas irão sentir a satisfação de ter realizado um trabalho com competência e excelência.

Obrigado Maria.

Segue o depoimento.
VENCI !!!!!!!!
Não lembro o dia, mas só sei que foi em janeiro de 2009 que dei início ao meu primeiro processo para tirar minha CNH com muitas expectativas. Que ingenuidade a minha! Não sabia que passaria por tantas aprovações, tanto de minha parte, como principalmente por parte da CFC. Decepcionada e com muita tristeza, desisti de continuar a batalhar pelo meu grande sonho. Que nada, ele permanecia vivo em mim, como uma ferida na alma que não cicatriza enquanto não nos permitimos curá-la com o único remédio,o perdão e o esquecimento. O verdadeiro perdão é muito difícil de se praticar, mesmo que o empenho seja um objetivo das pessoas em lapidar seus sentimentos em relação aos outros, a vida e a si mesmo. Então, ouvindo conselhos de um grande amigo, decidi aceitar este desafio, que era a compreensão de que tudo tem seu tempo na nossa vida e que a paciência, a fé e a perseverança são os instrumentos mais eficientes se quisermos não só vencer, mas conquistar com eficácia nossos objetivos, isto é, nossos sonhos. Depois de ouvi-lo, repensei em novas estratégias de recomeçar e o primeiro passo foi trocar de CFC, que foi muito positiva esta atitude. Então, a luta pela CNH retorna com força nos meus propósitos de vida, meta que decidi alcançar, não importava o tempo que levaria. Por várias vezes tive que interromper o processo, mas por motivos pessoais, mesmo assim, não era uma desistência, apenas um tempo necessário. Entre alguns retornos e o de reabrir processo, encontrei pessoas maravilhosas que me dava motivos para continuar. No meu último retorno encontrei-me com um anjo disfarçado de instrutor, que no primeiro encontro me passou uma segurança e confiança, antes nunca ter sentido. Ele acreditou em mim, na minha capacidade e com sua metodologia de ensinar, que muito me impressionou, minhas aulas passaram a ser alegres e prazerosas. As aulas para mim, já não eram uma obrigação, sem sentido e necessárias para aprender. Elas passaram a ter sentido, até uma terapia, como muitas vezes lhe falei, o qual achava engraçado e ria me deixando bem a vontade. Como um bom mestre, havia repreensões nos erros, sim, mas de forma que em nenhum momento me magoou, ou melhor, sem me humilhar. Minha credibilidade em mim mesma só aumentava e eu começava a reaprender o que já sabia de outra forma, brincando de dirigir. Gerson, minha gratidão e carinho por você é do tamanho do mundo!!!!! Muito obrigada por acreditar em mim!!!!!!!!!!! Também, não posso deixar de agradecer ao Diogo, companheiro do Gerson de carro, porque tive algumas aulas com ele, por não conseguir horário com o Gerson, e que foram muito importantes na minha aprendizagem, só veio acrescentar. Diogo, você é um excelente instrutor, continue sendo exigente como é, mas sempre com este seu jeitinho compreensivo, humilde e sorridente que sempre demonstrou comigo. . Tanto é, que nem deu pra sentir tanta diferença nas aulas que tinha com o Gerson, me sentia muito bem contigo também. Diogo, obrigada por ter participado também desta minha conquista! Ah! Não tem como esquecer do seu Carlos, que foi paciencioso por demais comigo. Ri muito nas aulas de simulador, mas segundo seu Carlos, eu fui muito bem nas aulas, não foi só mais uma brincadeira pra mim. Mas que foi divertido, ah, foi. Já o Rodrigo, ele foi meu primeiro instrutor e nunca se esquece o primeiro instrutor, ainda mais eu que tive o privilégio de ter muitos em minha caminhada. Com o Rodrigo tive poucas aulas, ele entrou em férias logo que iniciei, mas fica aqui meu agradecimento a ele também. Está faltando o Jonatas, hoje ele está na VIACENTRO nos simuladores. Foi com o Dionata que aprendi muito do que aperfeiçoei com o Gerson. Obrigada, Dionata! Com você eu não aprendi só a dirigir, foi bem mais que isso, aprendi sobre a vida e hoje eu te agradeço muito, com certeza irei até aí te dar um abraço pessoalmente. Quanto aos outros instrutores, eles tiveram também sua contribuição, mas não há espaço para falar de todos e muitos eu até já esqueci. Para finalizar, deixo meu abraço carinhos ao Toneto, Mainardi e Maicon, que com certeza tiveram sua parcela na minha conquista, porque assistir aulas sem perceber a hora passar, significa que foram muito interessantes. Agradeço a todos que fazem parte da equipe da CFC VIACENTRO, especialmente aos instrutores que sempre foram atenciosos comigo e torceram por mim. Centurião, valeu pela força! Gerson, obrigada por ter sido instrutor do meu filho e que passou na primeira, ao contrário da mãe,e já saiu dirigindo muito bem, embora seja jovem. E como presente a você, minha prova zerada com muito orgulho.
Maria Linck

Obrigatoriedade da autorização para conduzir ciclomotores

 

A exigência da autorização para conduzir ciclomotores começa a valer nesta quarta-feira (1º) em todo o Brasil.

Quanto as etapas do processo:

  • Comparecer ao CFC e realizar a abertura do processo (Autorização para conduzir ciclomotores) com a documentação necessária para abertura (Clique no link para conferir)
  • Realização das etapas de exame de aptidão física e mental e avaliação psicológica
  • Realização de curso teórico-técnico com carga horária de 20h/a.
  • Posterior a aprovação do exame teórico, o candidato deve submeter-se a realização de 10 aulas práticas, com duração de 50 minutos cada, para que esteja apto a realização de exame prático. (Exame é realizado com as mesmas exigências da CAT A (Motocicleta)

Quem descumprir cometerá infração gravíssima, com multa de R$ 574,62 (o valor é multiplicado por 3) e apreensão do veículo. Lembrando que a obrigatoriedade quanto ao emplacamento do veículo já está em vigor desde setembro de 2015.

Em caso de dúvidas quanto ao emplacamento, entre em contato com o CRVA de sua cidade.

Para valores, compareça ao CFC ou contate-nos pelo telefone (55) 3027-8787 ou Whats App (55) 9122-3513.

 

 

Facebook