MOTORISTA x PEDESTRE = RESPEITO

Os motoristas precisam ficar atentos a quem anda a pé no centro de Santa Maria. Buzinas, corre-corre, freadas, apitos, mau humor e, em alguns casos, até xingamentos. Segundo jornal local Diário de Santa Maria, esse cenário de conflito é rotineiro na Rua do Acampamento entre motoristas e pedestres.

Se depender daqueles que atravessam as ruas, o conflito ainda vai longe. Em 15 minutos de uma manhã o jornal flagrou mais de 180 pedestres atravessando a Acampamento sem usar a travessia destinada para a sua própria segurança: a faixa de pedestres.

Enquanto uns tiveram o cuidado de olhar para o lado e calcular a distância do carro mais próximo, outros atravessaram na frente dos automóveis mesmo, fazendo ziguezague entre os veículos e os ônibus. Os caminhantes pareciam ignorar que, nas duas esquinas, a poucos passos duas faixas oferecem proteção aos pedestres. As desculpas daqueles que se arriscaram na travessia, geralmente são: pressa, preguiça, descuido e o tradicional “não, eu nunca faço isso, foi só agora”.

Para o instrutor de auto-escola, Edelcir Mainardi, 38 anos, o respeito é a palavra de ordem quando o assunto é trânsito.

- O pedestre tem a preferência, mas precisa ter consciência e respeito com aqueles que, junto com ele, usam a rua. No trânsito, tem de haver uma troca de gentilezas entre todos – diz o instrutor.

Conforme a Direção Municipal de Trânsito, as faixas de segurança devem ser repintadas até o fim do mês. Grades de contenção para pedestres estão entre os projetos da Secretaria Municipal de Trânsito para evitar que as pessoas atravessem longe das faixas.

Saiba o que você pode e não pode fazer quando estiver dirigindo ou quando for atravessar a rua no site do Departamento Nacional de Trânsito: www.denatran.gov.br

Fonte: Jornal Diário de Santa Maria



Deixar um comentário

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com (*).

Você pode usar estar tags HTML e atributos: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

Facebook